Skip links

Cuidados que pessoas com 60+ devem ter por conta do coronavírus

Desde o começo do ano passamos a ouvir falar do coronavírus (Covid-19). Esse vírus que tem sintomas bem parecidos com os da gripe se originou na China e em dois meses ele se espalhou com muita velocidade, fazendo com que a União Europeia, EUA e outros países tomassem medidas para diminuir sua proliferação.

Chegou ao ponto em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou em 11 de março um estado de pandemia por conta do coronavírus. A pandemia é caracterizada quando uma epidemia (surto que afeta uma região) se espalha com certa rapidez para outros países e continentes, sendo essa transmissão feita de pessoa para pessoa.

O grande diferencial do coronavírus (Covid-19) para os outros vírus da gripe é que ele se espalha muito rápido e há alguns grupos de risco, como idosos, diabéticos, hipertensos e fumantes. Sendo assim, é importante que tomemos alguns cuidados para evitar a proliferação do vírus.

Cuidados que pessoas com 60+ deve ter para evitar o contágio do coronavírus

As pessoas com 60+ são um dos grupos de risco. Os grupos de risco são os que podem ter maiores complicações com o contágio do vírus. Assim, as pessoas que estão nesses grupos têm mais chances de desenvolver os sintomas mais graves e talvez precisar de internação em um hospital.

Sendo assim, se você tem mais de 60 anos ou é de algum outro grupo de risco, confira abaixo os cuidados que você precisa ter para evitar pegar o vírus.

Evite o medo e se informe sobre o coronavírus

Em tempos de pandemia muitas informações equivocadas e falsas são espalhadas. Por isso, evite o medo e informe-se em fontes confiáveis. Um exemplo de fonte confiável é o canal no YouTube do Átila Iamarino.

Ele é biólogo e tem doutorado em microbiologia. Em seus últimos vídeos ele falou sobre várias questões relacionadas ao Covid-19.

Outro ponto é tomar cuidado com as mensagens via WhatsApp. Muitas delas podem ser fake news. Por isso, sempre procure por fontes seguras.

Lave bem suas mãos

O coronavírus é transmitido pelo ar ou pelo contato. Em ambos os casos o veículo de transmissão é a saliva ou o muco. Porém, você só pega o vírus se alguém ao seu redor ou que deixou muco nas superfícies estiver contaminado.

Sendo assim, a principal recomendação é lavar bem as mãos após chegar em casa ou após ter contato com outras pessoas e evitar levá-las ao rosto, pois só o fato de encostar em um lugar contaminado e levar a mão à boca ou aos olhos é o suficiente para pegar o vírus.

Para lavar as mãos corretamente utilize um sabonete líquido e lave bem entre os dedos, as pontas dos dedos, o pulso e o restante da mão. Após, se tiver em um lugar público, use o papel toalha para secar as mãos e para fechar o registro da torneira.

Você também pode utilizar álcool em gel. Porém, só utilize álcool gel 70% ou acima. Ao usar um de 40% não vai eliminar o vírus da sua mão, ele só vai ser espalhado ainda mais por conta do movimento de espalhar o álcool.

Mantenha a imunidade alta

As pessoas com 60+ são um grupo de risco pois seu organismo já não é mais tão forte quanto era quando estas eram jovens. Por isso, uma forma de ajudar o organismo a ficar um pouco mais forte é manter a imunidade alta.

Sendo assim, durma regularmente, reduza o consumo de tabaco, álcool e drogas, tome água com frequência e consuma alimentos que auxiliam no aumento da imunidade. Sobre os alimentos, inclua alimentos como limão, aveia, cúrcuma, linhaça, açaí, gengibre, mel, brócolis, kefir e uva tinta. Além do mais, evite o pânico, pois o nervosismo pode prejudicar a saúde do seu organismo.

Fique em casa

Por fim, se você não tiver contato com pessoas com o vírus não contrairá ele. Então, evite aglomerações de pessoas e fique em casa. Aproveite esse tempo em casa para ler, jogar, assistir filmes, cozinhar e fazer qualquer outra atividade que lhe proporcione prazer.

Assim, o tempo passa mais rápido e você se protege do vírus. Além do mais, ao ficar em casa, também contribuímos com a diminuição da transmissão do coronavírus.

Então, coloque em práticas essas dicas de prevenção e evite pegar o coronavírus. Assim, você não correrá o risco de ter complicações maiores por conta dele e também contribuirá para diminuir a proliferação do coronavírus.

Fonte: Blog Inonni

Deixe sua opinião